Perdemos o foco!


Por Verch

Sigo relutante na luta pelo surf no estado do RS, não me conforto com a ideia de que a capital do estado tem a maior população surf do país que vive longe do litoral e que consome muita surfwear, muitos produtos ligados e vinculados ao surf.

Eis o problema, mercado de surfwear aqui no RS se prostituiu, me desculpem aqueles que ainda investem com boa vontade no surf patrocinando e apoiando eventos e atletas, são raros e posso enumerar nos dedos, o mercado hoje esta voltado para moda urbana, na qual no meu ponto de vista não tem vinculo nenhum com surf, pois o correto seria moda praia, não sou do ramo, nem tão pouco trabalho com moda, apenas estou farto de ver os empresários e as lojas abocanharem a maior fatia do bolo e se quer deixar migalhas a quem luta pelo surf e faz o surf viver aqui no estado, vergonhoso e lamentável.

Nos últimos tempos noto que os investimentos são voltados a pessoas urbanóides, que curtem festas e vivem um estilo de vida totalmente oposto ao do surf, isso no meu ponto de vista esta errado, não tenho nada contra as pessoas que possuem um estilo próprio, acho que cada um tem que curtir a sua, fazer o que gosta, mas não confundam as coisas, baladinhas de diversos estilos podem ser vistas por ai, as lojas investem em apoio e patrocínio em baladas, as pessoas vestem marcas de surf, desde óculos nos mais variados estilos até peças de roupas, para mim depreciação do mercado, quem lucra e lucra muito com isso e não devolve se quer 10% desse lucro ao esporte, olhem para trás e vejam o legado que o surf nos deixou, toda a cultura surf, para buscarmos o investimento e ouvirmos que não, que não teremos mais apoio de marcas e nem surf shops dentro do nosso estado.

Vamos mudar isso, comecem a refletir e pensem duas vezes antes de entrar em uma surf shop e sair gastando, saiba que o seu dinheiro não vai dar retorno ao atleta que passa fome no litoral e trabalha feito burro de carga porque não tem apoio, porque se o surf gaúcho chegou ao fundo do poço tem muita gente envolvida lucrando as custas, não vamos ser hipócritas e apenas atirar pedra nas entidades que lutam de uma forma ou outra para manter a chama viva ou ao menos se esforçam para sobreviver, eu sempre estive ao lado do surf e sempre vou estar, gostem ou não essa é a mais pura verdade, chega de sangue suga, o surf gaúcho de tantos atletas que brilharam mundo a fora e nacionalmente esta agonizando em uma situação que parece não ter volta, mas se pensarmos assim não vai mais haver competições no estado e ligeiramente o surf vai morrer, esta na hora de atentar os fatos e partir de nós essa mudança, se marcas aqui do sul não querem investir, vamos buscar a solução fora do estado, essa talvez seja a salvação.

1 comentários:

  1. Parabens , tento falar pro meos amigos sobre a moda surf x surf cultura

    ResponderExcluir